Assuntos de A a Z / Transporte


Recipientes para transporte

Recipientes para acondicionamento das amostras, recipientes de suporte (secundários), recipientes de segurança (externos)


 

Os recipientes para acondicionamento de material coletado deverão ser tecnicamente apropriados, segundo a natureza de cada material a ser transportado, com as seguintes características:

dotados de mecanismos ou dispositivos de fechamento que impeçam o extravasamento das amostras e confiram total segurança ao seu transporte, evitando, portanto, que os profissionais de saúde, assim como os trabalhadores de frotas de veículos automotores e de empresas que transportam objetos e coisas, entrem em contato direto com o material humano coletado.

As amostras de sangue e líquidos corpóreos deverão ser acondicionadas em recipientes rígidos, constituídos de vidro ou de materiais resistentes e impermeáveis, tecnicamente apropriados para tal finalidade, dotados de dispositivos pouco flexíveis e impermeáveis para fechamento sob pressão.

No caso das amostras de material que devem ser fixadas em lâminas, deverão ser utilizadas lâminas tecnicamente apropriadas.

 

Os recipientes para acondicionamento de material coletado deverão ser transportados dentro de recipientes de suporte ou recipientes secundários.

CUIDADO ESPECIAL NO  TRANSPORTE DE TECIDO HUMANO ACONDICIONADO EM LÍQUIDOS FIXADORES (FORMALINA, ÁLCOOL, ETC.) E DE AMOSTRAS DE SANGUE OU LÍQUIDO CORPÓREO:

Colocar material absorvente (algodão, gaze, etc.) entre o recipiente de acondicionamento desse material e o recipiente de suporte.

 

Essa medida reduz os impactos mecânicos sobre o recipiente das amostras e, em caso de eventual acidente, com quebra do primeiro recipiente, pode evitar vazamento externo dos líquidos e a possibilidade de contato com os profissionais da saúde e outros trabalhadores.

 

 

RECIPIENTES DE SUPORTE (SECUNDÁRIOS)


RECIPIENTES DE SUPORTE OU SECUNDÁRIOS
(Para Fixação de Recipientes para Acondicionamento do Material Coletado)

a

 

Os Recipientes de Suporte deverão apresentar as seguintes características em função da natureza do material humano a ser transportado:

 

dotados de tampas, constituídas de materiais rígidos e resistentes, com dispositivos de fechamento seguros, tecnicamente apropriados e seguros.

Na superfície externa, deverá ser indicada a natureza do material humano que está sendo transportado (sangue, líquidos corpóreos, tecido humano, etc) ou o tipo de recipiente que acondiciona, no caso de lâminas. 

No transporte de sangue ou líquidos corpóreos, os recipientes de suporte, devem ser necessariamente rígidos e resistentes, não quebráveis, com base que permita a fixação em posição vertical, com a extremidade de fechamento voltada para cima, com dispositivos que impeçam o tombamento dos mesmos nos sentidos lateral, anterior e posterior.

As lâminasdeverão ser transportadas em recipientes de suporte rígidos e resistentes,

 

CUIDADO ESPECIAL NO  TRANSPORTE DE TECIDO HUMANO ACONDICIONADO EM LÍQUIDOS FIXADORES (FORMALINA, ÁLCOOL, ETC.) E DE AMOSTRAS DE SANGUE OU LÍQUIDO CORPÓREO:
Colocar material absorvente (algodão, gaze, etc.) entre o recipiente de acondicionamento desse material e o recipiente de suporte.

vc

 

Essa medida reduz os impactos mecânicos sobre o recipiente das amostras e, em caso de eventual acidente, com quebra do primeiro recipiente, evita vazamento externo dos líquidos e a possibilidade de contato com os profissionais da saúde e outros trabalhadores.

 

Todos os recipientes para acondicionamento do material humano serão transportados no interior de recipientes secundários e estes dentro de recipientes de segurança para transporte (leia mais).

 

 

RECIPIENTES DE SEGURANÇA (EXTERNOS)

 

http://www.abralapac.org.br/v2/transporte_clip_image002_0000.jpg

Os recipientes de segurança para transporte são também denominados recipientes externos.
 
Os recipientes de segurança para transporte, deverão conferir total segurança ao transporte, evitando, portanto, que os profissionais de saúde, assim como os trabalhadores de frotas de veículos automotores e de empresas que transportam objetos e coisas, entrem em contato com o material humano coletado.

Os recipientes de segurança para transporte, destinados à acomodação dos recipientes de suporte, obrigatoriamente, serão:

rígidos, resistentes e impermeáveis

 revestidos internamente com material liso, durável, impermeável, lavável e resistente às soluções desinfetantes e, ainda

serão dotados externamente de dispositivos de fechamento.

constituídos de materiais tecnicamente apropriados, que garantam a conservação e estabilidade das amostras durante o transporte, segundo a natureza do material humano coletado.

Na parte externa dos recipientes de segurança para transporte, deverá ser aposto:

o símbolo de material infectante

inscrito, com destaque, o título de identificação MATERIAL INFECTANTE

 a seguinte frase de alerta: EM CASO DE DANO OU VAZAMENTO, INFORME IMEDIATAMENTE AS AUTORIDADES DE SAÚDE PÚBLICA.

 desenho de seta indicativa vertical apontada para cima, de maneira a caracterizar a disposição em posição         vertical, com as extremidades de fechamento voltadas para cima, dos recipientes para acondicionamento do material humano com as suas amostras. (modelo)

 

 

 



Voltar página


Procedimentos operacionais Padrão


Clique e confira

Busca de patologistas


Nome


Estado

Especialista


SBP

SBC


Buscar

Empresas Parceiras





© Copyright 2017 ABRALAPAC - Todos os direitos reservados.